“Nós existimos, Nós exigimos” União de Freguesias de Santiago Maior e São João Baptista adere ao protesto



A União de Freguesias de Santiago Maior e São João Baptista associou-se à ação de protesto levada a cabo esta sexta-feira, dia 30 de Janeiro, organizada pela CIMBAL, NERBE, Turismo do Alentejo e Associação Comercial, contra o estado em que se encontram o IP2 e o IP8, bem como outras vias da região.

O executivo foi representado por Miguel Ramalho e pelos funcionários que manifestaram interesse em aderir ao protesto.

A iniciativa, à qual a população aderiu em massa, juntou cerca de 350 viaturas, oriundas de toda a região. Muitos dos que se associaram ao protesto, acabaram por não conseguir efetuar todo o percurso previsto, devido ao caos provocado pela marcha lenta. Nem mesmo o esforço das forças policiais conseguiu ordenar o trânsito que entupiu as estradas que circundam a cidade.

Pelas 11.00 horas assistiu-se às intervenções dos organizadores, debaixo do buzinão realizado pelos participantes, que não deixaram de manifestar o seu descontentamento.

Foi apresentado um documento, a “Declaração de Beja”, em defesa da retoma e conclusão das obras do projeto de construção do IP8 e do IP2 e reparação das estradas regionais. Este documento pode ser consultado, na íntegra, emhttp://www.cimbal.pt/destaques/4419/manifesto---dia-de-luta-pelo-ip8-ip2-e-estradas-regionais---nos-existimos-nos-exigimos.aspx, havendo a possibilidade de uma petição on-line.
Para já, a ideia é que a luta pelo recomeço das obras nos IP2 e IP8 não pare.


02-02-2015


União das freguesias - Santiago Maior e São João Baptista - Todos os direitos reservados.