Sistema de Gestão de Operações aplicável à Proteção Civil definido



Foi publicado no início deste mês o despacho que regula e define o desenvolvimento do Sistema de Gestão de Operações que se aplica a todos os agentes de Proteção Civil e entidade com especial dever de cooperação, quando empenhados em operações de proteção e socorro.
O Sistema de Gestão de Operações já criado, vê agora definidas questões como organização, funções e competências. De referir que, de acordo com o despacho agora aprovado, “o Sistema de Gestão de Operações “é uma forma de organização operacional que se desenvolve numa configuração modular, de acordo com a importância e o tipo de ocorrência, aplicando-se sempre que uma força de qualquer Agente de Proteção Civil (APC) ou Instituição com especial dever de cooperação seja acionada para uma ocorrência, em que o chefe da primeira equipa a chegar ao local assume de imediato o comando da operação – função de Comandante das Operações de Socorro (COS) - e garante a construção de um sistema evolutivo de comando e controlo adequado à situação em curso”.
Nesta matéria, à União de Freguesias de Santiago Maior e São João Batista compete colaborar com os sistemas locais de proteção civil e de combate aos incêndios.

16-04-2015


União das freguesias - Santiago Maior e São João Baptista - Todos os direitos reservados.