Escola Primária do Penedo Gordo sem auxiliar de ação educativa



À semelhança do que aconteceu noutros estabelecimentos escolares, o Ministério da Educação não colocou na EB1 do Penedo Gordo, no ano letivo em curso, uma tarefeira para assegurar a limpeza neste estabelecimento de ensino, conforme vinha sendo feito nos anos letivos anteriores.
Apesar de alertados várias vezes para essa necessidade, não foi encontrada qualquer solução, a não ser a deslocação de um funcionário da sede do agrupamento, o qual tem assegurado não só as funções de limpeza mas também de vigilância.
Esta situação não resolve os problemas da escola. Em Fevereiro, a Junta de Freguesia e os representantes dos pais solicitaram uma reunião à direção do Agrupamento, a qual respondeu de imediato, tendo no entanto manifestado não dispor de soluções para reforçar o pessoal na Escola.
Nesse mesmo mês foi solicitada uma reunião à Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEE) que até ao momento nem se dignou responder.
Dado que a situação se tem vindo a agravar, a Junta de Freguesia, na sua reunião realizada no início do mês deliberou fazer novo contato com a DGEE exigindo medidas urgentes e resposta à reunião solicitada.
A falta de auxiliares de ação educativa nas escolas dos Centros Escolares da Freguesia, é um problema que se tem vindo a agravar e que apenas tem sido minimizado através de pessoal colocado pela Junta de Freguesia ao abrigo de Programas do Instituto de Emprego e Formação Profissional, apesar da mesma não ter qualquer competência, nem responsabilidade nesta área.
Na opinião do Executivo da Junta este problema está a atingir níveis incomportáveis, visto que a higiene e a segurança das crianças começa a ser posta em causa, pelo que, em reunião, deliberou efetuar um novo contacto com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e solicitar que sejam tomadas medidas urgentes.

08-05-2015


União das freguesias - Santiago Maior e São João Baptista - Todos os direitos reservados.